fbpx
  • Podcast Mudança de Hábitos

    #13 – Esse hábito vai ser mais útil do que você imagina

    #13 – Esse hábito vai ser mais útil do que você imagina

     
     
    00:00 / 8:02min
     
    1X
     

    Resumo: Quando temos empatia por qualquer pessoa, quando consideramos todas as pessoas que passam por nós, criarmos uma rede positiva no mundo e consequentemente nos beneficiamos. Se todos estiverem bem, nós também estaremos.
    Tempo estimado de leitura: 2:17
    Duração do Podcast: 8:02

    Gostaria de começar com uma pergunta: como você trata as pessoas que não podem fazer nada por você?

    Já que estamos falando de relações, vamos entender porque nos relacionamos.

    Somos seres sociais e gostamos de interação com amigos, família, colegas de trabalho, uma comunidade. Isso nos dá, um senso de pertencimento e felicidade.

    Nossas identidades nascem a partir das relações. Só pode haver um pai se existir um filho. Apenas podemos ser filho se existir um pai.

    Dito isso, ter relações saudáveis é fundamental para que estejamos bem.

    Acredito que a base para isso é ter empatia por todos, mesmo por pessoas que não podem fazer nada para nós.

    Imagine, se os 7 bilhões de seres humanos no mundo estiverem bem, você também estará, então promover o bem-estar do maior número de pessoas, melhora nossa própria vida.

    Se você trata bem apenas as pessoas que podem te oferecer algo, acabará enfraquecendo nossa rede humana, pois deixando de cuidar dos outros você deixa o seu próprio bem-estar de lado.

    Para nós que vivemos na cidade, sem a chuva, terra, alguém para plantar, colher, processar, transportar ao mercado, embalar, colocar nas prateleiras e vender, não poderíamos comprar os alimentos.

    Não acredito em independência, mas sim na interdependência. Estamos todos conectados em todos os níveis possíveis.

    Talvez a pessoa que você está sendo indiferente por não poder te oferecer nada em um determinado contexto, seja a mesma que faz parte da cadeia de conexão que acabei de descrever lá encima.

    Então o bem-estar de todos é importante e não apenas o da nossa família e amigos.

    Uma rede saudável é a base para uma sociedade feliz.

    “Ah! Léo, não sou Jesus ou o Buda para ficar ajudando todo mundo”

    Isso não é sobre ser um santo, mas sobre como cada um de nós pode fazer a diferença onde vive, com as pessoas ao nosso redor.

    Da próxima vez que você encontrar alguém que não pode fazer nada por você, ofereça pelo menos um sorriso, uma escuta, um incentivo ou considere que ela existe, isso faz a diferença.

    Essas pequenas atitudes podem não mudar o planeta, mas muda o mundo daquela pessoa. Talvez você até salve a vida dela sem saber.

    Praticar é fácil, basta considerar todas as pessoas que passam por você, um olhar, um sorriso, abraço, um “bom dia”, um obrigado, faz a diferença no mundo. Se todos fizéssemos um pouco disso todos os dias, tantas pessoas não estariam sofrendo por falta de consideração e empatia.

    Vamos começar hoje mesmo ao encontrar alguém que não pode oferecer nada para você?

    Se você tiver qualquer dúvida sobre esse podcast/artigo, me envie um direct pelo meu Instagram @otaleonardo que te respondo em áudio.


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, novos podcasts e citações diárias? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/mudancadehabitos


  • Podcast Mudança de Hábitos

    #12 – Comece sua semana com esses 10 hábitos amorosos

    #12 – Comece sua semana com esses 10 hábitos amorosos

     
     
    00:00 / 05:24min
     
    1X
     
    1. Agradeça a tudo e a todos, até àqueles que te deixam frustrados.
    2. Pergunte como você deseja usar o presente que ganhou, mais um dia de vida cheio de oportunidades.
    3. Veja este momento como o mais importante do mundo e não espere para ser feliz.
    4. Realize todas as tarefas por amor a alguém e a si mesmo.
    5. Para criar melhores hábitos, coloque tudo o que você tem em pequenos passos e peça ajuda quando precisar.
    6. Por uma vida mais leve e com menos medo.
    7. Supere a procrastinação colocando-se em uma tarefa, sem se deixar levar pelo desconforto.
    8. Uma coisa de cada vez.
    9. Perceba que os obstáculos são o nosso caminho quando mudamos a nossa percepção sobre eles. Nos deixam mais fortes e pronto para lidar com coisas cada vez mais difíceis.
    10. Pergunte a si “porque acordo todos os dias, qual meu propósito?”

    Se você tiver qualquer dúvida sobre esse podcast/artigo, envie um direct para o meu Instagram @otaleonardo que te respondo.


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, novos podcasts e citações diárias? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/mudancadehabitos


  • Podcast Mudança de Hábitos

    #11 – 4 hábitos financeiros que irão te ajudar a realizar o que você deseja

    #11 – 4 hábitos financeiros que irão te ajudar a realizar o que você deseja

     
     
    00:00 / 07:36min
     
    1X
     

    Você, assim como a maioria das pessoas, espalha o seu dinheiro ao invés de concentrar?

    Tive um insight profundo sobre isso que mudou minha perspectiva sobre como usar o meu dinheiro e gostaria de compartilhar com você.

    O que significa concentrar e espalhar o dinheiro?

    Concentrar significa, na minha experiência, deixar de gastar, poupar e investir.

    Espalhar quer dizer gastar pequenas quantias de dinheiro com coisas desnecessárias.

    Isso não é nenhuma teoria do mercado financeiro. Essa forma de pensar veio da minha própria experiência.

    Explico

    Espalhar seu dinheiro significa que, em detrimento de uma realização maior, você coloca tudo a perder por um desejo momentâneo.

    Toda vez que você espalha seu dinheiro com coisas que não são sua prioridade, você fica mais distante de fazer aquela viagem que você tanto deseja ou de estudar aquele curso.

    Exemplo prático. Ao invés de gastar 10 reais todos os dias com lanche, por que você não economiza e guarda esse valor na poupança para no fim do ano conhecer outro país?

    Não da para realizar seu sonho material, seja lá qual for, com 10 reais, mas se você concentrar seu dinheiro em um local por 1 ano, conseguirá fazer coisas muito maiores.

    Se você guardar 10 reais por dia, em 1 ano, terá R$3.650. Dá para investir em muitas coisas, inclusive fazer esse dinheiro dobrar em menos tempo ou realizar algo maior. Pode ser o início da sua aposentadoria, seu fundo de emergência caso aconteça algo com seu trabalho.

    Na teoria parece fácil, mas, na prática, nossos hábitos negativos acabam nos dominando.

    Vou te mostrar 4 hábitos que pratico, para te ajudar a poupar, investir seu dinheiro e realizar o que deseja.

    • Tenha um motivo: a primeira coisa que você deve fazer é ter um “porque” claro. Sem um motivo você logo para de guardar e volta ao hábito de gastar com coisas inúteis e desnecessárias. O meu motivo é criar um fundo de emergência de 12 meses. Como assim? Primeiro calculo qual é a minha despesa mensal, por exemplo, R$5 mil reais por mês. Quero ter (cada um define o período mais adequado para si) 12 meses desse valor guardado, ou seja, R$60mil, equivalente a 12 meses de despesa, pois se qualquer coisa der errado com meu trabalho, tenho segurança financeira por 1 ano. Não mexa nesse dinheiro, nunca, a não ser para o propósito que foi criado.
    • Pague-se primeiro: geralmente, quando recebemos algum dinheiro, se não pensamos em espalhar, precisamos pagar alguma conta. Nós brasileiros não temos educação financeira, nossos pais não tiveram, ninguém nos ensinou a lidar com dinheiro, mas não precisamos ser vítimas disso. Se você quiser aprender a lidar com dinheiro, vai ter que estudar e praticar o que aprendeu. Antes de espalhar seu dinheiro, crie o hábito de se pagar primeiro, ou seja, pegue os 10 reais que você iria torrar (gastar com coisas inúteis), poupe e invista no seu fundo de emergência. Não é tão complicado quanto parece, você só precisa de um pouco de prática.
    • Adapte: crie uma maneira disso dar certo para sua realidade, do ponto em que está, com o que tem. Não é preciso ser milionário para poupar e investir, mas você precisa adaptar esses hábitos ao seu contexto pessoal e estilo de vida. Se você só pode poupar 5, ótimo, comece hoje, se for 2 por dia, ótimo também. O ponto não é o valor, mas sim adaptar esse conteúdo para o seu contexto e colocar esses hábitos em prática.
    • Compre apenas quando tiver dinheiro: a maioria de nós tem a sensação de que o cartão de crédito é um dinheiro extra, mas não é. Compre algo apenas se você tiver condições, notas ou débito. Claro, pessoas controladas que sabem usar o cartão, estão livres desse problema, porém não é o caso da maioria. Muitos estão endividados até o pescoço por conta desse pedaço de plástico. Não estou aqui para dizer o que você deve ou não fazer com seu dinheiro, mas para te dar novas perspectivas e pontos de vista.

    Concentrar seu dinheiro vai permitir que você faça coisas grandes, que realize seus sonhos no nível material. Isso não é o principal, mas é tão importante quanto cuidar dos hábitos, da saúde, da família, dos negócios, da mente, do corpo e das emoções. Vivemos em um sistema econômico e ter saúde financeira te traz tranquilidade e conforto.

    Nada disso servirá se permanecer apenas uma ideia. Você precisa colocar em prática. Escolha 1 hábito e busque incorporá-lo no seu dia a dia baseado na sua rotina e veja o “milagre” acontecer.

    Se você tiver qualquer dúvida sobre esse podcast/artigo, envie um direct para o meu Instagram @otaleonardo que te respondo.


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, novos podcasts e citações diárias? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/mudancadehabitos